LIVRO: A 5º ONDA - RICK YANCEY

Depois da primeira onda, só restou a escuridão. Depois da segunda onda, somente os que tiveram sorte sobreviveram. Depois da terceira onda, somente os que não tiveram sorte sobreviveram. Depois da quarta onda, só há uma regra: não confie em ninguém. Agora inicia-se A QUINTA ONDA. No alvorecer da quinta onda, em um trecho isolado da rodovia, Cassie foge deles. Os seres que parecem humanos, que andam pelo campo matando qualquer um. Que dispersaram os últimos sobreviventes da Terra. Cassie acredita que, estar sozinho é estar vivo, até que conhece Evan Walker. Sedutor e misterioso, Evan Walker pode ser a única esperança de Cassie para resgatar seu irmão — ou até a si mesma. Mas Cassie deve escolher entre a esperança e o desespero, entre a rebeldia e a entrega, entre a vida e a morte. Entre desistir ou contra atacar
Imagine só, você nesse momento está aqui lendo uma resenha literária, algo que você provavelmente sempre faz, já que você provavelmente é um adicto a leitura, afinal, você se encontra em um blog literário. Você está fazendo algo que é comum para você, faz parte da sua rotina, assim como todas as outras coisas: ir a escola, trabalhar, dormir, comer. Rotina. E em um belo dia normal como esse, o planeta é invadido por naves alienígenas e você pensa: ''poxa, finalmente descobrimos que existe vida em outros planetas", "como será que eles são?" e outras perguntas básicas como essas, certo? E é assim que começa essa incrível distopia do autor Rick Yancey, publicado pela editora Fundamento no Brasil.

A 5º Onda é um livro alucinante. Com um enredo extremamente envolvente. E que deixa qualquer leitor vidrado na história desses personagens. Nunca um livro me deixou tão confusa, tão sem saber em quem acreditar e no que acreditar, como nessa obra. A maneira como o autor teceu esse livro, a maneira como ele nos fez duvidar de tudo e de todos em praticamente todo o livro, é incrível! E me deixa extremamente curiosa não só para ler os próximos volumes dessa trilogia, como também me dá vontade de conhecer mais obras do autor. Tudo culpa da maneira deliciosa que ele escreveu o livro. Se tem uma coisa que eu gosto em livros, é quando existem elementos em sua trama que me deixam curiosa. E A 5º Onda conseguiu fazer isso por todo o tempo. Mesmo eu já sabendo tudo antes de ser finalmente revelado no livro, ainda sim, o autor insiste e persiste nas convicções da trama de uma maneira tão teimosa, que é difícil não duvidar de si mesmo em vários momentos. 
"Eu sou aquela que não vai fugir, não vai ficar, mas vai enfrentar.
Porque, se eu for a última, então sou a Humanidade."
O livro é narrado pelo ponto de vista de vários personagens, e isso é algo que eu geralmente gosto e desgosto ao mesmo tempo, principalmente se forem por tantos personagens como nesse livro. Ao mesmo tempo que é interessante conhecer a história por vários ângulos, pode ser um pouco confuso, e deixa a leitura um pouco lenta. Pois quando muda muito o ponto de vista, parece que sempre temos que parar para dar uma ''localizada'' nas coisas. Como se a cada troca de personagem, a gente se perdesse um pouco. Isso é algo que me incomodou um pouco nesse livro, ao mesmo tempo que me fez gostar. Me incomoda pelo fato dessa mudança constante me incomodar mesmo, com algumas exceções. E gostei, pelo fato de os personagens serem bacanas, e todos mostram partes muito importantes da trama do livro. Eles vão construindo as coisas e deixando pistas para que junto com os próprios personagens, a gente vá desvendando os mistérios do enredo. 
Outro pequeno ponto que me incomodou um pouco, foi a quantidade de personagens. Tinha horas que eu realmente ficava meio perdida com tantos nomes. Mas isso só ocorreu até o meio do livro mais ou menos. Depois melhora. Mas fico imaginando quando eu tiver que ler a continuação, sabe Deus quando...tenho a leve impressão que vou me confundir toda. Mas sabe? O livro tem uma trama tão, mas tão eletrizante, que tanto faz para mim esses dois pequenos pontos negativos que citei. O livro é ótimo, a história é extremamente envolvente e me conquistou de vez desde o meio do livro.

Além de todo o cenário da ''guerra'' humanidade x alienígenas, ainda podemos encontrar em A 5º Onda: pitadas de romance. Ahh, como eu adoro essa parte. Mas, não posso falar muito, senão dou spoiler. Mas o que posso dizer, é que inicialmente não gostei de um dos ''casos'' de romance, achei meio ''do nada''. O que me fez desconfiar. E por fim, me conquistar. Não que tenha muito disso aqui, não tem. Mas como disse, tem pitadas. E eu adoro.

Nada de personagens irritantes. Viva. Para falar a verdade, são todos personagens muito fortes. Afinal, quase todos os integrantes da história são crianças e adolescentes que estão enfrentando situações inimagináveis e raramente fraquejam diante dos acontecimentos por quais eles passam. Por tanto, eles são extremamente fortes.
O mais incrível, é que em meio a todo o cenário de tristeza, mortes, desconfianças e guerra, Rick Yancey deu pequenos momentos de humor a trama, daqueles que fazem o leitor rir, ou sorrir enquanto lê. Mais pontos positivos, eba! 
" Você sabe dizer quem é o inimigo, Cassie ? "
Ahhh, estou apaixonada por essa leitura. Sabe quando no meio do livro, você para do nada e fala: ''Meu Deus, que livro é esse? :O'', foi o que fiz algumas vezes durante essa leitura. (pelo menos eu já fiz coisas desse tipo algumas vezes, e vocês??  hahaha)

Falando sobre o trabalho da editora, acho a capa: ''ok'' e segue o padrão da capa estrangeira. Nem gosto, nem desgosto, sabe? Mas a diagramação interna é muito bacana, com aquelas folhas diferentes apresentando  início de cada capítulo. Provavelmente gravarei um vídeo sobre ele, então, mostrarei como é por dentro.

Autor: Rick Yancey
Editora: Fundamento
Classificação: 4/5 estrelas
Onde Encontrar: AQUI!

Youtube - Instagram - Facebook - Twitter
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário